“Ubu Rei”: análise de um corpo que persiste/resiste em significar - Unisul

Notícias do Programa

Saiba tudo o que acontece no PPGCL

“Ubu Rei”: análise de um corpo que persiste/resiste em significar

O estudante Marcos José Santin qualificou na manhã desta quarta (6) o projeto de tese “‘Ubu Rei’: análise de um corpo que persiste/resiste em significar”. Trabalho, orientado pela professora Nádia Regina Maffi Neckel, contou com avaliação dos professores Thiago Amorim e Leonardo Roat Amorim e da professora Solange Maria Leda Gallo

A partir do texto teatral Ubu Rei (1896), de Alfred Jarry, Santin propõe compreender o corpo enquanto materialidade discursiva em sua construção estético-poética no campo da criação artística performática.

“Seguindo a linha de Análise do Discurso Franco-Brasileira para qual o sentido de texto é lato, vou tomar um recorte da peça teatral como sustentação para uma leitura corporal na linguagem do teatro de sombras a fim de compreender o corpo em sua discursividade dentro do contexto escolar”, explica.

Conforme o estudante, a leitura e estudo de personagem no processo de construção da performance com o uso de sombras corpóreas considerará tanto a Análise Ativa em D’Agostini (2018) a partir da proposta de proposições de Stanislavski, quanto os jogos teatrais, leitura de Ingrid Dormien Koudela a partir da peça didática de Brecht enquanto processos de criação.

“Penso que a construção desta performance teatral com o uso de sombras corpóreas proverá o corpus experimental em AD o que permitirá correlacionar o corpo em sua discursividade com a constituição das textualidades teatrais e corpóreas na performance de sombras”, esclarece.

“A estruturação destes materiais visa a compreender como as diferentes textualidades funcionam na composição material, tal como preconiza Lagazzi (2017). Trata-se de uma perspectiva de investigação voltada ao estudo do corpo enquanto materialidade discursivo-poética”, complementa o estudante.

A Jornada de Pesquisas será retomada dia 15 de outubro, às 8 horas e 45min, com a qualificação do projeto de tese do estudante André Moraes Souza “Leituras de Freud: o inconsciente e a metapsicologia freudiana como ficção”. Pesquisa, orientada pelo professor Maurício Eugênio Maliska, contará com a avaliação de Maria Cristina Carpes e Andreia da Silva Daltoé.

PPGCL

Loading...