Sobre o programa

Com portas abertas para mentes criativas e apaixonadas de todas as áreas do conhecimento, o Programa de Pós-graduação em Ciências da Linguagem da UniSul – com conceito 5 na CAPES – oferece cursos de mestrado e doutorado, assim como estágios de doutorado sanduíche e pós-doutorado, proporcionando oportunidades ideais para o seu crescimento acadêmico.

Explore trilhas do saber fascinantes ao estudar as diversas linguagens humanas em sua dimensão textual, discursiva e cultural. Inscrições para vagas do primeiro semestre de 2024 estão abertas de 6 de dezembro a 14 de fevereiro, com início das aulas em 18 de março. Para mais detalhes, acesse os editais na seção “Seleção 2024.1”, logo abaixo, e faça parte dessa jornada de descobertas acadêmicas excepcionais.

Mestrado e Doutorado em Ciências da Linguagem

Saiba tudo sobre nosso
Mestrado e Doutorado em Ciências da Linguagem

  • Seleção 2024.1

  • Nossa Proposta

    • História

      A formação superior de professores de Língua Portuguesa e de Língua Estrangeira Moderna tem início em Tubarão (SC) com a criação do Curso de Letras da então Fundação Educacional do Sul de Santa Catarina (FESSC) em 1971. Com a instalação da Universidade do Sul de Santa Catarina (UNISUL) em 1989, é em meados dos anos 1990 que a criação de um curso de stricto sensu na área de Linguística e Literatura recebe contornos mais explícitos que culminam com a formalização de um projeto elaborado pela congregação do curso em 1998.

      O resultado desse esforço foi a aprovação do “Curso de Mestrado em Ciências da Linguagem” em 2 de dezembro de 1998 pela Resolução 28/98 da Câmara de Gestão da Universidade. O Conselho Estadual de Educação de Santa Catarina (CEE-SC), a quem a pós-graduação da Universidade era vinculada legalmente à época, homologou seu funcionamento em 13 de julho de 1999 através da Resolução 176/99.

      Em 15 de julho de 1999, iniciaram-se as aulas da primeira turma no campus de Tubarão, com a oferta de duas áreas de concentração: “Teoria e Análise de Linguagens” e “Linguística Aplicada ao Ensino”. Em 2001, o Curso de Mestrado em Ciências da Linguagem expandiu-se para o Campus da Grande Florianópolis em Palhoça (SC), ofertando uma terceira área de concentração voltada ao campo da Comunicação Social denominada “Linguagem e Tecnologia da Informação” (Parecer CEDS n. 114, de 7 de novembro de 2000).

      Em 2002, o Curso de Mestrado em Ciências da Linguagem foi avaliado por Comissão Verificadora do Conselho Estadual de Educação de Santa Catarina (CEE-SC) formada pelos professores Osmar de Souza (FURB/UNIVALI) e Loni Grimm-Cabral (UFSC). O Curso foi reconhecido em sessão plenária do Conselho Estadual de Educação no dia 9 de julho de 2002 (Decreto 5.458, de 29 de julho de 2002, publicado no Diário Oficial do Estado de Santa Catarina em 30 de julho de 2002).

      No mesmo ano, em atendimento à decisão institucional, o Curso de Mestrado em Ciências da Linguagem alinhou-se ao Sistema Nacional de Pós-Graduação (SNPG/CAPES). Como resultado desse processo, passou a ser organizado em uma única área de concentração, “Linguagem, Mídias e Processos Discursivos”, e três linhas de pesquisa, “Análise Discursiva de Processos Semânticos”, “Textualidades e Práticas Discursivas” e “Linguagem, Cultura e Mídia”.

      O projeto foi avaliado in loco por uma Comissão Verificadora da CAPES formada pelos professores Sírio Possenti (UNICAMP) e Dermeval da Hora Oliveira (UFPB) em fevereiro de 2003. Em seguida, foi aprovado pelo Comitê da Área de Letras/Linguística em janeiro de 2004, pelo Conselho Técnico Consultivo da CAPES em 10 de fevereiro de 2004 e pela Câmara de Educação Superior do Conselho Nacional de Educação em 10 de novembro de 2004 (Parecer n. 314/2004). O Curso de Mestrado em Ciências da Linguagem foi reconhecido pela Portaria 4.310, de 21 de dezembro de 2004 (publicada no Diário Oficial da União em 23 de dezembro de 2004, seção 1, p. 33). Durante esse processo, o Curso apresentou edital de seleção para as primeiras turmas do Currículo CAPES em março de 2004 e iniciou as aulas em 5 de julho do mesmo ano.

      Em 2007, o colegiado elaborou projeto de Curso de Doutorado em Ciências da Linguagem. Neste projeto, a área de concentração passou a ser denominada “Processos Textuais, Discursivos e Culturais”, com três linhas de pesquisa: “Textualidade e Práticas Discursivas”, “Análise Discursiva de Processos Semânticos” e “Linguagem e Processos Culturais” (readequadas em 2010 para duas linhas de pesquisa: “Texto e Discurso” e “Linguagem e Cultura”). O projeto foi submetido à CAPES em março de 2008, e a aprovação do Programa de Pós-graduação em Ciências da Linguagem – PPGCL (Mestrado e Doutorado) foi homologada em reunião da Câmara de Gestão da UNISUL no dia 9 de abril de 2008.

      Em 2 de dezembro de 2008, o Programa foi avaliado in loco por uma Comissão Verificadora da CAPES formada pelas professoras Diana Luz Pessoa de Barros (UPM) e Célia Marques Telles (UFBA). O PPGCL foi aprovado na 106a. Reunião do Conselho Técnico Consultivo da CAPES em 10 de dezembro de 2008. A Câmara de Educação Superior do Conselho Nacional de Educação homologou a aprovação (Parecer n. 122/2009), e o Curso de Doutorado em Ciências da Linguagem foi reconhecido pela Portaria n. 589 de 18 de junho de 2009. No primeiro semestre de 2009, procedeu-se ao primeiro processo seletivo, e as aulas se iniciaram no dia 6 de julho em Palhoça (SC) e 16 de julho em Tubarão (SC).

      Em maio de 2008, o PPGCL foi também avaliado por uma Comissão de Verificação do Conselho Estadual de Educação de Santa Catarina, formada pelas professoras Rosângela Hammes Rodrigues (UFSC) e Ana Cláudia de Souza (UFSC). Com base no relatório de visita e no Parecer 265 do Conselho Estadual de Educação, de 26 de agosto de 2008, renovou-se por cinco anos o reconhecimento do Curso de Mestrado na esfera estadual (Decreto n. 1.729, de 7 de outubro de 2008). A partir de 2013, o Conselho Estadual passou a validar as avaliações da CAPES.

      O PPGCL apresenta relevância singular entre os cursos de stricto sensu da mesorregião sul catarinense e da mesorregião metropolitana de Florianópolis. Seu Curso de Mestrado foi o primeiro curso de stricto sensu da Universidade do Sul Santa Catarina (UNISUL) a alinhar-se ao Sistema Nacional de Pós-Graduação (SNPG) em 2003; seu Curso de Doutorado foi o primeiro curso da instituição a ser aprovado pela CAPES em 2008; e, em 2017, o primeiro Programa da Universidade a ser avaliado com nota “5”.

      Dado seu pioneirismo, o PPGCL vem exercendo forte impacto na qualificação dos quadros pós-graduados das instituições de ensino superior e tecnológico, especialmente de seu entorno. Em 31 de dezembro de 2022, o PPGCL havia titulado 409 mestres e 115 doutores e certificado 9 estágios pós-doutorais.

      Além disso, o Programa constitui forte referência nos estudos textuais, discursivos e culturais, com reconhecida liderança nacional na promoção de eventos na área de linguística e literatura, entre os quais citamos o Seminário em Discurso, Cultura e Mídia (SEDISC), fruto de parcerias interinstitucionais com o PPGL da UFRGS e o IEL da Unicamp; qualificado portfólio de publicações científicas, incluindo os periódicos “Linguagem em (Dis)curso” (A1), “Crítica Cultural” (A4) e “Memorare” (A4); e sólido comprometimento com a vocação comunitária da Universidade do Sul de Santa Catarina.

    • Missão

      O Programa de Pós-graduação em Ciências da Linguagem tem como missão a produção de conhecimento em ciências da linguagem em sua dimensão textual, discursiva e cultural e a promoção de formação qualificada para a pesquisa e para a docência do ensino superior.

    • Objetivos

      Para atender à sua missão, o PPGCL visa a atingir os objetivos de (a) produzir conhecimento em ciências da linguagem em sua dimensão textual, discursiva e cultural; e (b) promover a formação qualificada para a pesquisa e para a docência do ensino superior.

    • Área de Concentração

      A área de concentração do PPGCL denomina-se “PROCESSOS TEXTUAIS, DISCURSIVOS E CULTURAIS”, de modo que seus cursos de mestrado e de doutorado se organizam a partir de estudos da linguagem que focalizam as práticas sociais de interação linguística, os processos discursivos de produção de sentido e as manifestações estético-culturais.

      Em síntese, a área de concentração consiste em estudos pós-graduados sobre: (a) as interações orais e escritas como componentes de práticas discursivas socialmente situadas; (b) os processos de produção de sentido, desde sua dimensão subjetiva até sua dimensão social, histórica e ideológica; e (c) na modernidade e na contemporaneidade, as linguagens verbais e não verbais e suas correlações, bem como as manifestações culturais e estéticas, com ênfase na produção simbólica e seus diversos suportes.

    • Linhas de Pesquisa

      Para dar conta da área de concentração, o PPGCL promove duas linhas de pesquisa.

      A linha de pesquisa “LINGUAGEM E CULTURA” visa a estudar, na modernidade e na contemporaneidade, as linguagens verbais e não verbais e suas correlações, bem como as manifestações culturais e estéticas, com ênfase na produção simbólica e seus diversos suportes. Os projetos de pesquisa vinculados a esta linha de pesquisa atuam numa intersecção entre os campos da literatura, artes (visuais, cênicas, musicais), fotografia, cinema, moda, antropologia e comunicação.

      A linha de pesquisa “TEXTO E DISCURSO” visa a estudar os processos de produção de sentido em sua dimensão subjetiva, social, histórica e ideológica. Nos projetos de pesquisa vinculados a esta linha de pesquisa, concebe-se que os processos de significação sempre se dão em eventos sociais específicos e únicos, acionando, além da língua, determinações materiais.

    • Perfil de Estudantes e Egressos

      O PPGCL atende prevalentemente a egressos dos cursos de graduação de Letras, de Cinema e Audiovisual, de Jornalismo e de Publicidade e Propaganda. Além disso, considerando a dimensão multidisciplinar de sua área de concentração, o Programa acolhe estudantes das mais diversas licenciaturas e bacharelados que se interessam por objetos textuais, discursivos e culturais.

      Com base nesse contexto, o perfil do egresso do PPGCL está centrado em competências teóricas, práticas e éticas próprias da área de Linguística e Literatura.

      No que diz respeito ao desenvolvimento de competências teóricas, o PPGCL promove atividades que habilitam o estudante a proceder a análises e sínteses próprias da reflexão teórica; observar a linguagem de forma crítica, como fenômeno multifacetado e passível de múltiplas abordagens (cognitivas, sociais, interacionais, históricas, culturais, políticas e ideológicas); problematizar perspectivas teóricas aplicadas às investigações em linguagens; fazer avançar o contexto conceitual da área, produzindo e socializando conhecimento.

      No que diz respeito ao desenvolvimento de competências práticas, o PPGCL promove atividades que habilitam o estudante ao domínio das teorias, dos métodos e das técnicas necessárias ao exercício qualificado da pesquisa, da docência e da extensão.

      No que diz respeito ao desenvolvimento de competências éticas, o PPGCL promove atividades de reflexão sobre a influência da docência, da pesquisa e da extensão em Linguística e Literatura na sociedade, nos grupos sociais e nos indivíduos diretamente envolvidos.

    • Unidades Curriculares
    • Nossa Avaliação na Capes

      Acesse aqui a avaliação do PPGCL na Capes.

    • Amparo Legal
  • Quem Somos

  • Nosso Mestrado

    • Apresentação

      O curso de Mestrado em Ciências da Linguagem foi planejado para ser realizado em 2 anos. Para obter o título de Mestre em Ciências da Linguagem, o estudante deve compor 40 créditos em unidades curriculares e elaboração de dissertação (600 horas).

      Modalidade: Presencial
      Campi: Tubarão e Pedra Branca
      Duração: 24 meses
      Mensalidades: até 36x de R$ 997,03 (comercial), R$ 682,18 (egressos) e R$ 787,13 (empresas parceiras)*

      *Consulte outras possibilidades de financiamento e também condições especiais para colaboradores Ânima.
      Os valores das parcelas serão reajustados anualmente, nos termos previstos e autorizados pela legislação pertinente e vigente, podendo, inclusive, ser utilizada a variação acumulada do IGP-M (Índice Geral de Preços de Mercado) apurado pela Fundação Getúlio Vargas ou outro índice que venha a substituí-lo.

    • Currículo

      Acesse aqui o Currículo do Curso de Mestrado em Ciências da Linguagem.

      Para conhecer cada unidade curricular que compõe o curso, consulte a subseção “Unidades Curriculares” da seção “Proposta do Programa” nesta mesma página.

    • Dias e horários das aulas

      O curso de Mestrado em Ciências da Linguagem é oferecido no Campus Tubarão e no Campus Pedra Branca. No Campus Pedra Branca as aulas acontecem prevalentemente nas segundas e nas terças-feiras, das 8h às 12h e das 14h às 18h. No Campus Tubarão as aulas acontecem prevalentemente nas quintas e sextas-feiras, das 8h às 12h e das 14h às 18h. A unidade curricular de área “Estudos Estéticos Contemporâneos” ocorre nas quartas-feiras das 14h às 18h, e a unidade curricular nacional “Ciência e Pesquisa” ocorre nas quartas-feiras, das 19h às 22h nos primeiros semestres de cada ano.

    • Processo Seletivo

      Consulte o Edital mais recente nesta mesma página.

    • Bolsas

      Em paralelo ao edital de seleção, a Comissão de Bolsas do PPGCL pode lançar edital de bolsas especificando as condições para a distribuição de bolsas integrais e de bolsas de auxílio para o pagamento das taxas escolares da Capes. Para os candidatos às bolsas de estudos, há também um exame escrito que ocorre tradicionalmente durante o processo seletivo.

    • Seja nosso Aluno Especial

      Aluno Especial é a condição segundo a qual um estudante se matricula em pelo menos uma disciplina isolada de um curso de Mestrado ou de um curso de Doutorado de um Programa de Pós-graduação Stricto Sensu. Quando o estudante passa no processo seletivo, essas disciplinas são aproveitadas para a composição dos créditos acadêmicos e financeiros do curso.

      Além de ser uma excelente oportunidade de conhecer a excelência acadêmica de nossos cursos, a participação em disciplinas isoladas como aluno especial é uma excelente estratégia para qualificar a proposta de pesquisa, a entrevista e, principalmente, o desempenho no exame escrito para bolsas de estudo.

      Para obter informações adicionais, entre em contato conosco no e-mail: [email protected].

  • Nosso Doutorado

    • Apresentação

      O curso de Doutorado em Ciências da Linguagem foi planejado para ser realizado em 4 anos. Para obter o título de Doutor em Ciências da Linguagem, o estudante deve compor 58 créditos em unidades curriculares e elaboração de tese (870 horas).

      Modalidade: Presencial
      Campi: Tubarão e Pedra Branca
      Duração: 48 meses
      Mensalidades: até 60x de R$ 956,46 (comercial), R$ 654,42 (egressos) e R$ 755,10 (empresas parceiras)*

      *Consulte outras possibilidades de financiamento e também condições especiais para colaboradores Ânima.
      Os valores das parcelas serão reajustados anualmente, nos termos previstos e autorizados pela legislação pertinente e vigente, podendo, inclusive, ser utilizada a variação acumulada do IGP-M (Índice Geral de Preços de Mercado) apurado pela Fundação Getúlio Vargas ou outro índice que venha a substituí-lo.

    • Currículo

      Acesse aqui o Currículo do Curso de Doutorado em Ciências da Linguagem.

      Para conhecer cada unidade curricular que compõe o curso, consulte a subseção “Unidades Curriculares” da seção “Proposta do Programa” nesta mesma página.

    • Dias e horários das aulas

      O curso de Doutorado em Ciências da Linguagem é oferecido no Campus Tubarão e no Campus Pedra Branca. No Campus Pedra Branca as aulas acontecem prevalentemente nas segundas e nas terças-feiras, das 8h às 12h e das 14h às 18h. No Campus Tubarão as aulas acontecem prevalentemente nas quintas e sextas-feiras, das 8h às 12h e das 14h às 18h. A unidade curricular de área “Estudos Estéticos Contemporâneos” ocorre nas quartas-feiras das 14h às 18h, e a unidade curricular nacional “Ciência e Pesquisa” ocorre nas quartas-feiras, das 19h às 22h nos primeiros semestres de cada ano.

    • Processo Seletivo

      Consulte o Edital mais recente nesta mesma página.

    • Bolsas

      Em paralelo ao edital de seleção, a Comissão de Bolsas do PPGCL pode lançar edital de bolsas especificando as condições para a distribuição de bolsas integrais e de bolsas de auxílio para o pagamento das taxas escolares da Capes. Para os candidatos às bolsas de estudos, há também um exame escrito que ocorre tradicionalmente durante o processo seletivo

    • Doutorado Sanduíche

      Modalidade: Presencial
      Campi: Tubarão e Pedra Branca
      Duração: 3 a 12 meses
      Mensalidades: Gratuito

      O estágio de doutorado ou doutorado sanduíche do programa de Pós-Graduação em Ciências da Linguagem da Unisul consiste na concessão de oportunidades de aprofundamento teórico, coleta ou análise de dados ou desenvolvimento parcial da parte experimental da tese, desenvolvido por doutorandos externos à Universidade entre 3 (três) e 12 (doze) meses (1 ano).

      Você sabia?

      O estágio de doutorado é gratuito e regulamentado pelo Documento Norteador 01/2017 – Pró-EPPExI, de 17 de abril de 2017.

    • Seja nosso Aluno Especial

      Aluno Especial é a condição segundo a qual um estudante se matricula em pelo menos uma disciplina isolada de um curso de Mestrado ou de um curso de Doutorado de um Programa de Pós-graduação Stricto Sensu. Quando o estudante passa no processo seletivo, essas disciplinas são aproveitadas para a composição dos créditos acadêmicos e financeiros do curso.

      Além de ser uma excelente oportunidade de conhecer a excelência acadêmica de nossos cursos, a participação em disciplinas isoladas como aluno especial é uma excelente estratégia para qualificar a proposta de pesquisa, a entrevista e, principalmente, o desempenho no exame escrito para bolsas de estudo.

      Para obter informações adicionais, entre em contato conosco no e-mail: [email protected].

  • Nosso Pós-Doutorado

    • Apresentação

      Modalidade: Presencial
      Campi: Tubarão e Pedra Branca
      Duração: 3 a 60 meses
      Mensalidades: Gratuito

      O Estágio de Pós-Doutorado do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Linguagem da Universidade do Sul de Santa Catarina – Unisul, define-se pela concessão de oportunidade de especialização pós-graduada supervisionada por docentes dos Cursos de Mestrado e de Doutorado em Ciências da Linguagem a ser desenvolvida entre 3 (três) e 60 (sessenta) meses (5 anos) na Unisul.

      Você sabia?

      O estágio de Pós-Doutorado é gratuito e regulamentado pelo Documento Norteador 02/2017 – Pró-EPPExI, de 17 de abril de 2017.

    • Documentos para Inscrição

      A participação de candidatos ao pós-doutorado/Unisul, estará condicionada à entrega dos documentos a seguir especificados.

      I – Formulário de Inscrição (Anexo I do Documento Norteador 02/2017 – Pró-EPPExI);
      II – Plano de trabalho, incluindo cronograma de execução das atividades;
      III – Cópia do diploma de doutor, com validade nacional;
      IV – Termo de Compromisso de Pós-Doutorando (Anexo II do Documento Norteador 02/2017 – Pró-EPPExI);
      V – Termo de Ciência firmado pela instituição empregadora (Anexo III do Documento Norteador 02/2017 – Pró-EPPExI), no caso de candidatos com vínculo empregatício externo;
      VI – Declaração de Reconhecimento de Direitos de Propriedade Intelectual (Anexo IV do Documento Norteador 02/2017 – Pró-EPPExI);
      VII – Parecer do Colegiado do Programa de Pós-Graduação da Unisul, e do professor Supervisor, caso o candidato deseje realizar o pós-doutorado em um dos Programas de Pós-Graduação;
      VIII – Parecer do Coordenador do grupo de pesquisa; caso o candidato deseje realizar o pós-doutorado em um dos grupos de pesquisa da Unisul.

  • Nossa Produção

    • Grupos de Pesquisa

      Atualizado em 21 de dezembro de 2023.

      Discurso, Cultura e Mídia

      Líder(es): Nádia Régia Maffi Neckel.
      Diretório de Grupo de Pesquisas do CNPq

      O Grupo de Pesquisa “Discurso, Cultura e Mídia” surgiu da necessidade de ampliar as discussões sobre os materiais midiáticos (vídeos, produção artística, textos, áudios, etc.) tanto em peças publicitárias como em materiais jornalísticos ou culturais. Para tanto, congrega estudos a partir de referências teóricas no campo da Análise do Discurso da Linha Francesa e contemplando processos de constituição, de formulação e de circulação dos sentidos, tomando por objetos a produção cultural midiática em diversos meios: jornais, revistas, internet, rádio, televisão, cinema, celular, nas artes entre outros. O grupo mantém relações de cooperação de pesquisa interinstitucionais e promove o encontro – SEDISC – Seminário Discurso, Cultura e Mídia (2012, 2015, 2017 e 2018), cuja proposta fora a de ampliar as discussões sobre as pesquisas na área de Análise do Discurso no Brasil, materiais voltados para a arte, cultura e mídias (digital e impressa). O evento congrega pesquisadores de todo País que discutem suas pesquisas na imbricação do Discurso, da Cultura e artes e das Mídias, buscando dispositivos contemporâneos de análise dos processos de formulação e circulação do conhecimento nessas áreas envolvidas. Esses encontros resultaram em diversas publicações impressas e e-book. O grupo tem parcerias com pesquisadores da UNICAMP e da UFRGS e, atualmente, desenvolve pesquisa em parceria com a Universidad de San Andrés, Argentina, a respeito dos cenários políticos contemporâneos e as redes digitais.


      Discurso e Narrativa

      Líder(es): Silvânia Siebert
      Diretório de Grupo de Pesquisas do CNPq

      O Grupo de pesquisa “Discurso e narrativa” propõe relacionar os estudos discursivos e literários, promovendo a aproximação dessas áreas de estudos na busca da compreensão do funcionamento, das condições de produção e circulação, bem como da leitura e interpretação dos diferentes gêneros discursivos que circulam em dispositivos que marcam a pós-modernidade. Busca enfatizar os efeitos de sentidos produzidos por textos verbais e não verbais veiculados, por exemplo, no WhatsApp, no Facebook, em blogues, etc.


      Educação, Infância e Cultura

      Líder(es): Luciane Pandini Simeano (PPGE/Unisul) e Chirley Domingues (PPGE e PPGCL/Unisul)
      Diretório de Grupo de Pesquisas do CNPq

      O Grupo de Educação, Infância e Cultura (GEDIC) desenvolve pesquisas sobre as temáticas de educação, de infância e de cultura e busca constituir investigações próprias e por meio de parcerias nacionais e internacionais. Além de realizar eventos acadêmicos que propiciem aos estudantes a exposição de seus projetos / pesquisas refletindo sobre metodologias e temas; realizar parcerias, assessorias e consultorias junto à rede pública, movimentos sociais para produção e socialização do conhecimento, ampliando o debate acadêmico visando a transformação social.


      Estética e Política na Contemporaneidade

      Líder(es): Ana Carolina Cernicchiaro; Ramayana Lira de Sousa.
      Diretório de Grupo de Pesquisas do CNPq

      O Grupo de Pesquisa em Estética e Política na Contemporaneidade (EPOCA) tem como objetivo estudar as experiências estéticas contemporâneas, especificamente no entrecruzamento de categorias-chave para sua abordagem, como estética e política, corpo e afeto, devires-minoritários da linguagem e da imagem, alteridade, desterritorialização, exílio, nomadismo. A preocupação do grupo é fazer um movimento de leitura duplo: por um lado, aprofundar teoricamente determinadas categorias críticas de leitura do contemporâneo e, por outro, ampliar cartograficamente e disseminar novas categorias de leitura para além das já consolidadas. O EPOCA tem organizado e participado de encontros nacionais e internacionais com pesquisadores de diferentes instituições, está envolvido em atividades de extensão universitária e é referência na orientação de dissertações e teses junto ao PPGCL. Além disso, mantém espaço para alunos de graduação desenvolverem pesquisas de iniciação científica.


      Imaginário e Cotidiano

      Líder: Heloisa Juncklaus Preis Moraes.
      Diretório de Grupo de Pesquisas do CNPq

      As pesquisas em Imaginário e Cotidiano buscam a discussão sobre a s manifestações simbólicas e formadoras da noção de realidade presentes em nosso cotidiano. Para tanto, procura-se alinhavar reflexões teórico-práticas acerca da linguagem, do imaginário e das imagens que nos cercam e são motivadoras da vida social. As pesquisas desenvolvidas no Grupo de Pesquisas do Imaginário e Cotidiano abordam os mais variados objetos e corpus para as discussões do Imaginário e do cotidiano na formação dos localismos, regionalismos e da brasilidade e do olhar para a Literatura, Mídia e outras narrativas como tecnologias do imaginário. O Grupo faz parte da Rede de Pesquisa em Jornalismo, Imaginário e Memória, em conjunto com PUCRS, Universidade Tuiuti do Paraná e UFJF.


      Memória, Afetos e Redes Convergentes

      Líder: Mario Abel Bressan Junior.
      Diretório de Grupo de Pesquisas do CNPq

      A tecnologia digital revolucionou a forma como a sociedade se organiza. Mais ainda, transformou o cenário midiático, possibilitando uma convergência de conteúdos pelas mais diversas plataformas. Neste contexto, a heterogeneidade dos públicos, cada vez mais multiconectados em redes e as memórias e afetos dos públicos, são os temas centrais deste grupo de pesquisa que visa investigar as relações entre a comunicação, a memória, as mídias e as redes em um ambiente de convergência, diante das (inter)mediações da linguagem e da cultura. O .marc busca ainda a ampliação de conhecimento e da pesquisa interna e externa, agrupando as produções de professores mestres e doutores e de acadêmicos, em parceria com outras instituições de ensino. Faz parte da Rede Nacional de Pesquisa JIM – Jornalismo, Imaginário e Memória, juntamente com os grupos de pesquisa JorXXI (Tuiuti-PR), GTI (PUCRS), Concime (UFJF) e Imaginário e Cotidiano (UNISUL). Nestes dois anos de funcionamento, artigos foram apresentados em congressos nacionais e internacionais, submetidos em revista qualis e dois e-books publicados.


      Pragmática Cognitiva

      Líder(es): Fábio José Rauen; Marleide Coan Cardoso (IFSC).
      Diretório de Grupo de Pesquisas do CNPq

      O “Grupo de Pesquisa em Pragmática Cognitiva” (GPPC) visa a analisar processos comunicativos no contexto da agência humana de um ponto de vista pragmático-cognitivo guiado pelas noções teóricas de relevância de Sperber e Wilson (1986, 1995) e de conciliação de metas de Rauen (2014). O grupo apresenta três linhas de pesquisa envolvendo pesquisadores da UNISUL, IFSC, UNIBAVE e SENAC: Pragmática Cognitiva e Ensino de Matemática e Ciências; Pragmática Cognitiva e Pesquisa Acadêmica e Pragmática Cognitiva e Processos Interacionais.


      Produção e Divulgação de Conhecimento

      Líderes: Solange Maria Leda Gallo e Juliana da Silveira
      Diretório de Grupo de Pesquisas do CNPq

      O Grupo de Pesquisa “Produção e Divulgação de Conhecimento Científico” protagoniza a discussão em torno da produção do conhecimento científico na contemporaneidade, ressaltando os modos como esse conhecimento circula e é divulgado. Em 2018 o grupo iniciou o projeto “Discursos em Espaços Enunciativos Informatizados: relações (im)possíveis”, que tem como objetivo analisar discursos ordinários em espaços enunciativos informatizados, a partir de uma reflexão sobre a relação entre discursos de escrita e discurso de oralidade, tendo em vista a circulação de saberes populares em redes e mídias sociais. Busca, ainda, aprofundar os estudos do grupo sobre a materialidade digital, contemplando uma articulação com ações de extensão, propondo intervenções em espaços públicos, baseadas no conhecimento produzido no âmbito do projeto, no entremeio entre o institucional e o ordinário, a partir de uma leitura/interpretação do/no digital.


      Psicanálise e Linguagem

      Líder: Maurício Eugênio Maliska.
      Diretório de Grupo de Pesquisas do CNPq

      O Grupo de Pesquisa Psicanálise e Linguagem visa convergir estudos referentes à Linguagem em seus diferentes aspectos, tomando como lugar teórico referencial a Psicanálise em sua articulação com as teorias da linguagem e do discurso. São objetivos do Grupo de Pesquisa: investigar relações teórico-conceituais entre Linguagem e Psicanálise; analisar aspectos da linguagem sob a perspectiva psicanalítica; e refletir acerca da influência da Psicanálise nos estudos referentes à Linguagem, bem como a influência dos estudos sobre a linguagem no campo psicanalítico. Conheça o site.


      Relações de Poder: Esquecimento e Memória

      Líder: Andreia da Silva Daltoé.
      Diretório de Grupo de Pesquisas do CNPq

      O Grupo de Pesquisa Relações de Poder: esquecimento e memória objetiva refletir, com base nos pressupostos teóricos da Análise do Discurso de linha francesa, formas de silenciamento, apagamento e esquecimento no discurso político, de modo que a dar voz a quem não tem condições de exercê-la como deveria/poderia em uma sociedade que se diz democrática. Nesse sentido, interessam as diferentes materialidades do discurso político e as relações de poder por ele engendradas, de modo que novos sentidos possam, de algum modo, fazer valer e (re)significar a voz das vítimas, dos excluídos, dos descriminados, dos ignorados, dos sem-parcela como nomeia Rancière (1996). A partir daí, pretende-se, portanto, colocar questões teóricas a serviço de uma discussão problematizadora sobre a sociedade e sobre o modo como o homem vem sendo coisificado, diminuído em seus direitos e em sua subjetividade, investigando temas como: Ditadura, Comissão Nacional da Verdade, Direitos Humanos, Migração, Política, Mídia, Minorias, Educação Democrática.

    • Projetos de Pesquisa

      Projetos em andamento em 2023
      1. Agência Comunicacional Humana e Conciliação de Metas
      2. Análise discursiva de redes sociais
      3. Democracia e educação: sobre novos modos de escuta, leitura e escrita
      4. Desafios para a formação do leitor literário na escola: quais são, onde estão e como podemos superá-los
      5. Discurso e narrativa II
      6. Discurso, política e tecnologia
      7. Do apocalipse à resistência: perspectivas indígenas para uma abertura na história
      8. Imagens políticas: atravessamentos (gênero, raça e sexualidade)
      9. Imaginário e marcas de pertencimento
      10. Laboratório de estudos do texto acadêmico
      11. Memória, afeto e neurociência do consumo
      12. O corpo das Projeções Sensíveis
      13. Voz e Psicanálise

      Projetos encerrados em 2022
      1. O silêncio e o político no discurso da mídia
      2. Imagens dobradas – literatura, cinema e quadrinhos
      3. Relações de Poder: memória e esquecimento
      4. Texto acadêmico: aspectos metodológicos e redacionais II
      5. Análise(s) discursiva(s) da materialidade digital: rumores e hashtags em espaços enunciativos informatizados
      6. (Inter)relações de afetos, memórias e redes convergentes
      7. Memória Teleafetiva
      8. Discurso e Narrativa
      9. Discursos em espaços enunciativos informatizados: relações (im)possíveis

      Projetos Encerrados em 2021
      1. A formação da atitude autora e leitora no processo de apropriação da escrita na educação infantil
      2. Linguagens, Processos Educativos Multidisciplinares e Desenvolvimento Humano para a Formação de Professores

      Projetos Encerrados em 2020
      1. Aberturas, Intervalos, Sarjetas
      2. Discurso e produção de sentido em práticas socioculturais: escrita, leitura, autoria em língua portuguesa
      3. Narrativas de ficção na perspectiva comparada Brasil – Portugal

      Projetos Encerrados em 2019
      1. A imagem pelo outro: ética da alteridade da arte e o devir-outro da linguagem
      2. Cinema e gênero: questões estéticas e políticas
      3. Corpo-imagem e(m) discurso
      4. Cultura: linguagens, identidades e migrações Estética e política no cinema documentário contemporâneo
      5. Historicidade no/do discurso da mídia
      6. Linguagem e psicanálise: articulações possíveis II
      7. Teorias da Imagem 5
      8. Tradução e Genealogia de “Rassenbildung und Rassenpolitik in Brasilien”, de Jorge de Lima

      Projetos Encerrados em 2018
      1. Arquivo do moderno: figurações da contemporaneidade na literatura e nas artes
      2. Cultura digital e formação do imaginário social: contexto, imagens e narrativas
      3. Cultura, memória e oralidade: mapeamento e identificação das comunidades tradicionais
      4. Perspectivas sobre a formação do imaginário social
      5. Processos interacionais e conciliação de metas
      6. Teoria da modernidade e tradução
      7. Vertigens do tempo: o arquivo e a remontagem da história

      Projetos Encerrados em 2017
      1. A discursividade da lei de imprensa nos séculos XIX e XX
      2. Análise discursiva de textualidades digitais
      3. Cultura Catarina: artistas, linguagens e identidades
      4. Cultura, identidade e migrações
      5. Discurso, cultura e leitura de textos verbais e não verbais
      6. Educação em linguagens: percursos da autoria na perspectiva discursiva
      7. Feito a mão
      8. Memória, silêncio e metáfora
      9. Narrativas audiovisuais na perspectiva dos estudos culturais
      10. Processos de adaptação da ficção literária para o audiovisual: a transposição do narrador…
      11. Texto acadêmico: aspectos metodológicos e redacionais

    • Programa de Publicações
    • Dissertações

      Acesse aqui a lista de dissertações do PPGCL, distribuídas por ano, de 2003 a 2022.

    • Teses

      Acesse aqui a lista de teses do PPGCL, distribuídas por ano, de 2013 a 2022.

    • Livros e Coletâneas

      Acesse aqui o arquivo com a lista atualizada em 31/05/2021 (com dados consolidados até 31/12/2020).

    • Capítulos em Coletâneas

      Acesse aqui o arquivo com a lista atualizada em 31/05/2021 (com dados consolidados até 31/12/2020).

    • Modelos de documentos

      Modelos em Word para Artigos, Projetos e Trabalhos de Conclusão

      Modelo de Base

      Modelo de Artigo com 1 Autor
      Modelo de Artigo com 5 autores

      Modelo de TCC
      Modelo de Relato de Caso Médico
      Modelo de Monografia
      Modelo de Dissertação
      Modelo de Tese

      Modelo de Projeto de TCC
      Modelo de Projeto de Monografia
      Modelo de Projeto de Dissertação
      Modelo de Projeto de Tese

      Modelo de Resumo
      Modelo de Resumo Expandido
      Modelo de Resumo Expandido Bibliográfico
      Modelo de Resumo Expandido Convencional
      Modelo de Resumo Expandido IMRAD


      Modelos em PowerPoint para Apresentações

      Modelo Atlas Widescreen
      Modelo Base Widescreen
      Modelo Berlim Widescreen
      Modelo Cinza Widescreen
      Modelo Circuito Widescreen
      Modelo Cortar Widescreen
      Modelo Dividendo Widesscreen
      Modelo Elegante Widescreen
      Modelo Evento Widescreen
      Modelo Faceta Widescreen
      Modelo Futuro Widescreen
      Modelo Galeria Widescreen
      Modelo Ion Widescreen
      Modelo Madeira Widescreen
      Modelo Pacote Widescreen
      Modelo Paralax Widescreen
      Modelo Quadro Widescreen
      Modelo Raios Widescreen
      Modelo Riscos Widescreen
      Modelo Sisal Widescreen


      Guia para Trabalhos Acadêmicos
      O guia para Trabalhos Acadêmicos destaca procedimentos elaborados de acordo com os padrões das Normas Brasileiras (NBR) de informação e documentação da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) e/ou orientações do estilo Vancouver. Considerando a importância de seguir as regras da normatização imposta pelos padrões científicos, a biblioteca da Unisul disponibiliza o documento que serve de guia para todos os níveis de ensino superior.

      Clique aqui para fazer o download!

  • Nossa Agenda

    • Editais de Defesa de Tese

      Acesse aqui os Editais de Defesas de Tese.

    • Editais de Defesas de Dissertação

      Acesse aqui os Editais de Defesas de Dissertação.

    • Eventos

      2022
      VI Seminário Discurso, Cultura e Mídia: de 27 a 30 de setembro de 2022. Site.


      2021
      IX Seminário de Literatura Infantil e Juvenil (SLIJ). Florianópolis, Universidade Federal de Santa Catarina, de 3 a 5 de novembro de 2021. Site.

      V Seminário da Rede Jim: Pandemia e Desinformação. Tubarão, Universidade do Sul de Santa Catarina, 26 de outubro de 2021.

      V Marcas da Memória: O que resta da ditadura na Educação Brasileira? Tubarão, Universidade do Sul de Santa Catarina, de 8 a 30 de setembro de 2021. Site.

      II Seminário Internacional Imaginário e Memória: Conexões e Presença. Tubarão, Universidade do Sul de Santa Catarina, de 27 a 30 de abril de 2021. Site.


      2020
      V Seminário Discurso, Cultura e Mídia: Ler o Brasil Hoje! Evento Virtual, Universidade do Sul de Santa Catarina, de 8 de outubro a 26 de novembro de 2020.

      I Seminário Internacional Imaginário e Memória: Culturas Conectadas e Dispositivos Convergentes. Tubarão, Universidade do Sul de Santa Catarina, de 10 a 12 de março de 2020. Site.


      2019
      I Colóquio de Integração em Ciências da Linguagem da Unisul (CICLU). Tubarão, Universidade do Sul de Santa Catarina, de 7 a 8 de novembro de 2019. Caderno de Programação e Resumos.

      IV Semana Marcas da Memória: Passado, Presente, Ressonâncias da/na História. Tubarão, Universidade do Sul de Santa Catarina, de 4 a 7 de junho de 2019.

      VIII Seminário de Literatura Infantil e Juvenil (SLIJ). Florianópolis, Universidade Federal de Santa Catarina, de 5 a 8 de novembro de 2019. Caderno de Resumos.


      2018
      IV Seminário Discurso, Cultura e Mídia. Palhoça, Universidade do Sul de Santa Catarina, de 10 a 12 de novembro de 2018. Caderno de Resumos.

      IX Simpósio sobre Formação de Professores (SIMFOP). Tubarão, Universidade do Sul de Santa Catarina, 2018. Anais.


      2017
      III Seminário Discurso, Cultura e Mídia. Palhoça, Universidade do Sul de Santa Catarina, de 2 a 4 de maio de 2017. Caderno de Resumos, Anais, Livro.

      VII Seminário de Literatura Infantil e Juvenil (SLIJ). Florianópolis, Universidade Federal de Santa Catarina. Caderno de Resumos, Anais.


      2016
      IV Encontro da Rede Sul Letras. Palhoça, Universidade do Sul de Santa Catarina, de 11 a 13 de maio de 2016. Caderno de Resumos.

      VIII Simpósio sobre Formação de Professores (SIMFOP). Tubarão, Universidade do Sul de Santa Catarina, 2016. Caderno de Resumos.


      2015
      VII Simpósio sobre Formação de Professores (SIMFOP). Tubarão, Universidade do Sul de Santa Catarina, 2015. Caderno de Resumos.


      2014
      VI Seminário de Literatura Infantil e Juvenil (SLIJ). Florianópolis, Universidade Federal de Santa Catarina, de 15 a 17 de setembro de 2014. Caderno de Resumos, Anais.

      II Seminário de Pesquisa do Parfor. Tubarão, Universidade do Sul de Santa Catarina, 2014.
      VI Simpósio sobre Formação de Professores (SIMFOP). Tubarão, Universidade do Sul de Santa Catarina, 2014. Caderno de Resumos.


      2013
      XVII Encontro da Socine: A sobrevivência das Imagens. Palhoça, Universidade do Sul de Santa Catarina, 2013. Caderno de Resumos.

      V Simpósio sobre Formação de Professores (SIMFOP). Tubarão, Universidade do Sul de Santa Catarina, 2013. Caderno de Resumos.


      2012
      I Seminário Discurso, Cultura e Mídia. Palhoça, Universidade do Sul de Santa Catarina, de 25 a 27 de junho de 2012.

      V Seminário de Literatura Infantil e Juvenil (SLIJ). Florianópolis, Universidade Federal de Santa Catarina. Anais.


      2010
      Encontro do Círculo de Estudos Linguísticos do Sul.


      2009
      IV Seminário de Literatura Infantil e Juvenil (SLIJ). Florianópolis, Universidade Federal de Santa Catarina. Caderno de Resumos, Anais.


      2007
      IV Simpósio Internacional de Estudos de Gêneros Textuais (SIGET). Tubarão, Universidade do Sul de Santa Catarina, de 15 a 18 de agosto de 2007. Caderno de Resumos.

  • Nossas Notícias

    • Últimas notícias

      Clique aqui para ler as últimas notícias do PPGCL.

      Notícias de Dezembro de 2023
      Professora apresenta trabalho na UFES
      Estudantes do PPGCL debatem Mostra de Documentários
      Nayara Leite e(m) projeções sensíveis
      CIAC recebe Valdemir Neto para estadia investigacional
      Max Stirner e seu impacto nas teorias modernas
      Estudantes do PPGCL brilham no II Seminário Nacional de Estudos Linguísticos
      PPGCL participa de Congresso Internacional de Literatura Infantil e Juvenil
      Ana Cernicchiaro discute “colonialoceno” em reunião na Humboldt University
      Linguagem em (Dis)curso publica 36 artigos em 2023
      Projeto de tese destaca vozes da neurodiversidade
      Teoria da Relevância e o desenvolvimento de personas na WEB
      Finais abertos no cinema: ampliando discussões sociais e culturais

      Notícias de Novembro de 2023
      PPGCL lança coletâneas de textos do VI SEDISC0
      Dossiê “Arte, Corpo e Discurso” Explora a relação entre política e poesia1
      Memorare publica dossiê sobre imagens e narrativas da infância
      Revista Catarinense de Educação Matemática lança dossiê
      Professora Andréia Daltoé participa do XI SEAD
      Corpo, discurso e condições de produção
      Autoria e circulação dos discursos na materialidade digital
      Fábio Rauen representa o PPGCL em Reunião de Meio Termo da Capes
      Professora Ramayana Lira coordena Seminário em Encontro da SOCINE
      Evento discute perversão materna e os efeitos sobre a criança
      Acadêmico PPGCL publica artigo em revista da USP
      Seminário da Rede Jim discute obras de Michel Maffesoli
      Unisul celebra a Semana da Consciência Negra com o filme “Ratoeira”
      PPGCL participa do XI CINABETH
      Para além da sala de aula
      Tecendo Sentidos… Produzindo Afetos…
      PPGCL participa do Cine-Debate IEE/SC
      Atividade discute revitalização da arte indígena norte-americana

      Notícias de Outubro de 2023
      Estudantes visitam mostra “Willy Iluminado”
      Etnocídio e Ecocídio na era do Colonialoceno
      PPGCL participa da 37ª ENANPOLL
      Literatura de Mulheres Indígenas é tema de palestra
      Letras e de Direito debatem educação afro-brasileira
      Estudante do PPGCL visita Universidade de Macau
      Estudo analisa jornais feministas da/na ditadura militar
      PPGCL promove roda de conversas com Freda Indursky
      ChatGPT é tema de pesquisa
      Criando memórias afetivas com o consumidor
      VI Marcas da Memória inicia-se em Tubarão
      Mesa discute violência de Estado
      Gênero e Resistência
      Racialidade e resistência
      Emoção marca encerramento do VI Marcas da Memória
      Grupo discute “Redes Sociais, Autoria e Silêncio”
      Modos de bordar em torno do real
      PPGCL recebe Mara Glozmann
      Professora Andréia Daltoé recebe homenagem na ALESC
      Palestra de abertura discute Turismo e Imaginário
      “O desafio de dizer não”

      Notícias de Setembro de 2023
      Vitor Werner lança livro na Unisul
      Jornada de Pesquisa qualifica cinco trabalhos
      Jornada de Pesquisa prossegue com quatro trabalhos
      Jornada de Pesquisa se encerra com três pesquisas
      Professor desenvolve oficina de metodologia da pesquisa no IFC de Sombrio
      PPGCL na aldeia
      PPGCL participa de discussões na Unioeste
      Renata Dal-Bó lança livro infantojuvenil em Portugal
      Invenções e fabulações narrativas
      Arte indígena contemporânea e a decolonização dos museus
      Bilinguismo e educação bilíngue no Brasil
      Espaços e (des)encontros queer no cinema brasileiro recente
      Coletânea ganha prêmio internacional
      Literatura, Linguagem, Poder e Resistência
      Tese discute o funcionamento discursivo da avaliação institucional
      Ramayana Lira participa dos Encontros de Pesquisa em Lesbianidades

      Notícias de Agosto de 2023
      PPGCL seleciona alunos para as turmas 2023-2
      A justiça TÁ ON!
      Programa seleciona estudantes
      Artigo analisa checagem de notícias
      O discurso teórico de renovação do liberalismo
      Tese analisa reportagens e fotografias de Elaine Borges
      Estudo põe em cena memória teleafetiva
      Corpo-mulher: arte, racialidade e memória
      Holocausto em cena
      Dissertação destaca o álbum “Thriller”, de Michael Jackson
      Estética Kirbyana em pauta
      Poesia na praça pública
      Jornada de Pesquisa apresenta doze trabalhos

      Notícias de Julho de 2023
      Dizeres da Arte no Cinema
      Capítulo discute negociação em game show britânico
      Dissertação discute voz e lei
      Heloisa Moraes apresenta palestra em Juiz de Fora
      O (fim do) futuro da mulher?
      Investigação debate o desgaste da palavra “golpe”
      Ninguém morre em média
      O caso Boate Kiss sob o olhar bakhtiniano dos gêneros
      Tese analisa trabalhos de conclusão em licenciatura indígena
      Estudo avalia integridade e coerência de decisões judiciais
      Episódio de Black Mirror é objeto de investigação
      Tese investiga brasão de armas de Imbituba

      Notícias de Junho de 2023
      As metáforas de Lula
      Pesquisar ensinando, ensinar pesquisando
      Livro com contribuição de professora do PPGCL é indicado a prêmio internacional
      Tese discute função ética da psicanálise
      Juliana da Silveira profere palestra de abertura em evento da UFMS
      Videoclipes de Linn da Quebrada: lugares de falha e línguas selvagens
      Dissertação analisa texto de Luigi Pirandello
      Mesa-redonda discute violência contra/na escola
      Ensino de inglês na imbricação YouTube/Escola

      Notícias de Maio de 2023
      Professora Ramayana Lira participa de Seminário na UFMG
      Unisul promove viagem de estudos com estudantes de Letras e Pedagogia
      PPGCL promove X Rodada de Conversa do GREPEM
      Ciência e Pesquisa discute ética em pesquisa
      Pesquisador discute traços de territorialidade
      “Violência nas Escolas” é tema de entrevista
      Estudantes visitam o Museu Ferroviário de Tubarão
      Maurício Maliska participa de Congresso Internacional

      Notícias de Abril de 2023
      Linguagem em (Dis)curso publica dossiê com estudos pragmáticos
      Docente do PPGCL comenta proibição de livro em Porto Alegre
      Livro põe em cena pandemia e (des)informação
      Docente do PPGCL encerra estágio de pós-doutorado
      PPGCL participa de coletânea nacional
      Pesquisa modela tomada de decisão por teoria de conciliação de metas
      Egresso do PPGCL participa de Congresso Internacional
      Aluna do PPGCL apresenta trabalho no Canadá
      Memorare publica nove textos de temática livre

      Notícias de Março de 2023
      Unisul promove a roda de conversa “Como resisti(r)mos?”
      Feminismo é tema de aula inaugural
      PPGCL participa da organização do Seminário Internacional Fazendo Gênero 13
      Tese adapta teste de Durand às especificidades de gênero
      Qualificações marcam encerramento de março

      Notícias de Fevereiro de 2023
      Coletânea destaca vivências no ensino de Física
      Estudante apresenta estudo em Seminário Internacional de Psicanálise
      Nadia Neckel fala sobre projeções do sensível na UFAM
      Na prática a teoria é outra?
      A palavra fazendo laço
      Doutorando estuda arquivos de Vilém Flusser na Alemanha

    • Nossa Memória

      O Projeto Memória consiste na produção de Coletâneas Anuais de Notícias do Programa. O Nome “Notícias do Front” surge no início do curso de Mestrado em 1999, quando apresentávamos mensalmente um conjunto das realizações do curso.

      Progressivamente, quando o site do PPGCL passou a incorporar a função de lócus de apresentação das atividades do curso em 2004, surgiu a ideia de publicar às vésperas do início das férias de final do ano uma coletânea de todas as notícias publicadas no site.

      Os arquivos disponibilizados nesta página viabilizam conhecer a história do Programa, apresentando um extrato significativo das atividades de ensino, pesquisa e extensão dos cursos de Mestrado e de Doutorado em Ciências da Linguagem.

      Fica aqui nossos votos de uma leitura proveitosa e nostálgica.

      Coordenação do PPGCL.

      Notícias do Front 2023
      Notícias do Front 2022
      Notícias do Front 2021
      Notícias do Front 2020
      Notícias do Front 2019
      Notícias do Front 2018
      Notícias do Front 2017
      Notícias do Front 2016
      Notícias do Front 2015
      Notícias do Front 2014
      Notícias do Front 2013
      Notícias do Front 2012
      Notícias do Front 2011
      Notícias do Front 2010
      Notícias do Front 2009
      Notícias do Front 2008
      Notícias do Front 2007
      Notícias do Front 2006
      Notícias do Front 2005
      Notícias do Front 2004

  • PPGCL in English

    • History of the Graduate Program in Language Sciences

      Portuguese and Modern Foreign Languages higher education courses began in Tubarão (SC) with the establishment of the Language and Literature Course of Southern Santa Catarina (FESSC) Educational Foundation in 1971. With the set up of the University of Southern Santa Catarina (UNISUL) in 1989, in the mid-1990s a stricto sensu course in Linguistics and Literature was set up that culminated in the formalization of a project prepared by the course’s congregation in 1998.

      The result of this effort was the approval of the “Master’s Degree Course in Language Sciences” on December 2, 1998 through Resolution 28/98 of the University Management Chamber. The Santa Catarina State Council of Education (CEE-SC), to which the University’s graduate program was connected to at that time, ratified the Course administration on July 13, 1999 through Resolution 176/99.

      On July 15, 1999, the first class began its course at the Tubarão campus; two majors were offered: “Theory and Analysis of Languages” and “Applied Linguistics in Education”. In 2001, the M.A. Course in Language Sciences was expanded to the Greater Florianópolis Campus in Palhoça (SC), offering a third major in Social Communication called “Language and Information Technology” (Opinion CEDS No. 114, dated November 7, 2000).

      In 2002, the M.A. Course in Language Sciences was assessed by the Verification Committee of the Santa Catarina State Council of Education (CEE-SC) composed by Professors Osmar de Souza (FURB/UNIVALI) and Loni Grimm-Cabral (UFSC). The Course was certified in a plenary session of the State Council of Education on July 9, 2002 (Decree 5458, dated July 29, 2002, published in the Official Gazette of the State of Santa Catarina on July 30, 2002).

      In the same year, in compliance with the institutional decision, the Master’s Course in Language Sciences was attached to the National Post-Graduate System (SNPG/CAPES). As a result of this process, a single major was offered, “Language, Media and Discourse Processes”, and three research lines, “Semantic Discourse Analysis”, “Texts and Discourse Practices” and “Language, Culture and Media”.

      The project was evaluated in loco by a CAPES Assessment Committee formed by Professors Sírio Possenti (UNICAMP) and Dermeval da Hora Oliveira (UFPB) in February 2003. It was then approved by the Letters/Linguistics Committee ​​ in January 2004, by the CAPES Technical Advisory Council on February 10, 2004 and by the Higher Education Chamber of the National Education Council on November 10, 2004 (Opinion No. 314/2004). The Master’s Degree Course in Language Sciences has been certified by Ordinance 4,310, dated December 21, 2004 (published in the Federal Official Gazette on December 23, 2004, section 1, p. 33). During this process, the Course issued a selection notice for the first classes of the CAPES Curriculum in March 2004 and classes started on July 5 of the same year.

      In 2007, the Board developed a project for a Doctoral Course in Language Sciences. In this project, the major was renamed “Textual, Discourse and Cultural Processes”, with three lines of research: “Texts and Discourse Practices”, ” Semantic Processes Discourse Analysis” and “Language and Cultural Processes” (readjusted in 2010 into two lines of research: “Text and Discourse” and “Language and Culture”). The project was submitted to CAPES in March 2008, and the approval of the Programa de Pós-Graduação em Ciências da Linguagem (PPGCL, Postgraduate Program in Language Sciences) (Master’s and Doctoral degrees) was approved at a meeting of UNISUL Management Chamber on April 9, 2008.

      On December 2, 2008, the Program was assessed in loco by a CAPES Verification Committee formed by professors Diana Luz Pessoa de Barros (UPM) and Célia Marques Telles (UFBA). The PPGCL was approved at the 106th Meeting of the Technical Advisory Board of CAPES on December 10, 2008. The Higher Education Chamber of the National Council of Education ratified the approval (Opinion No. 122/2009), and the Doctoral Course in Language Sciences was certified by Ordinance No. 589, dated June 18, 2009. In the first semester of 2009, the first selection process was carried out, and classes began on July 6 in Palhoça (SC) and on July 16 in Tubarão (SC).

      The PPGCL had already been evaluated in May2008 by an assessment Committee of the State Education Council of Santa Catarina, formed by Professors Rosângela Hammes Rodrigues (UFSC) and Ana Cláudia de Souza (UFSC). Based on the visit report and on the State Council of Education’s Opinion 265, dated August 26, 2008, the certification of the Master’s Degree Course at the State level was extended for five years (Decree No. 1.729, dated October 7, 2008). As of 2013, the State Council began validating CAPES assessments.

      The PPGCL has a specific relevance between the stricto sensu courses of the Southern mesoregion of Santa Catarina and the metropolitan mesoregion of Florianópolis. Its Master’s Degree Course was the first stricto sensu course at the University of Southern Santa Catarina (UNISUL) to be aligned with the Sistema Nacional de Pós-Graduação (SNPG, National Postgraduate System) in 2003; its Doctoral Course was the institution’s first course to be approved by CAPES in 2008; and, in 2017, the first University Program to receive grade “5”.

      Given its pioneering spirit, the PPGCL has been exerting a strong impact on the qualification of postgraduates in higher and technological education institutions, especially in its surroundings. As of December 31, 2020, the PPGCL had granted 378 masters’ degrees and 89 doctors’ degrees (51 masters’ and 42 doctors’ degree in the 2017-2020 quadrennium) and certified 8 post-doctoral internships (among which 5 in the 2017-2020 quadrennium).

      In addition, the Program is a strong reference in textual, discourse and cultural studies, with recognized national leadership in promoting events in the field of linguistics and literature, among which outstands the Seminário em Discurso, Cultura e Mídia (SEDISC, Seminar on Discourse, Culture and Media), the result of partnerships interinstitutional with the PPGL of UFRGS and the Unicamp IEL; a qualified portfolio of scientific publications, including the journals “Language in (Dis)course” (A1), “Cultural Critique” (A4) and “Memorare” (A4); and solid commitment with the University of Southern Santa Catarina community vocation.

    • Mission

      Provide qualified postgraduate training for professionals in Languages, Cinema and Audiovisual, Journalism, Publicity and Advertising and related fields for higher education teaching and for the research and production of knowledge in languages in their textual, discourse and cultural dimensions.

    • Objectives

      To fulfill its mission, the PPGCL aims at the following objectives: (a) promote research in languages in their textual, discourse and cultural dimensions; and (b) qualify professionals in Languages, Film and Audiovisual, Journalism, Publicity and Advertising and related fields for the research and development of knowledge in language and for teaching in higher education.

    • Major

      The PPGCL’s major is called “TEXTUAL, DISCOURSE AND CULTURAL PROCESSES”, so that its master’s and doctoral courses are organized around language studies that focus on social practices of linguistic interaction, the discourse processes of production of meaning and aesthetic-cultural manifestations.

      In summary, the major consists of postgraduate studies on: (a) oral and written interactions as components of socially inserted discourse practices; (b) the processes of production of meaning, from its subjective dimension to its social, historical and ideological dimension; and (c) verbal and non-verbal languages and their correlations, as well as cultural and aesthetic manifestations in modernity and contemporaneity, with emphasis on symbolic production and its different supports).

    • Research lines

      To cover the major area, the PPGCL fosters two lines of research.

      The research line “LANGUAGE AND CULTURE” aims to study verbal and non-verbal languages and their correlations, as well as cultural and aesthetic manifestations, with emphasis on symbolic production and its different supports within modernity and contemporaneity. The research projects linked to this line of research operate at an intersection between the fields of literature, arts (visual, scenic, musical), photography, cinema, fashion, anthropology and communication.

      The “TEXT AND DISCOURSE” line of research aims at studying the processes of production of meaning in their subjective, social, historical and ideological dimensions. In the research projects linked to this line of research, it is understood that the processes of meaning always take place in specific and unique social events, triggering, in addition to language, material determinations.

      Students and Graduates Profile

      The PPGCL mainly attends graduates in the courses of Arts, Cinema and Audiovisual, Journalism, Publicity and Advertising. In addition, considering the multidisciplinary dimension of its major, the Program welcomes students of the most different Licenciate programs and bachelor’s degrees who are interested in textual, discourse and cultural objects.

      Based on this context, the profile’s core of PPGCL graduates is the theoretical, practical and ethical competences in the field of Linguistics and Literature.

      With regard to the development of theoretical skills, the PPGCL promotes activities that qualify the student to carry out analyzes and syntheses specific of theoretical reflection; to critically observe language, as a multifaceted phenomenon and subject to multiple approaches (cognitive, social, interactional, historical, cultural, political and ideological); discuss the problems of theoretical perspectives applied to languages investigations; advance the conceptual context of the area, producing and socializing knowledge.

      With regard to the development of practical skills, the PPGCL promotes activities that qualify the student to master the theories, methods and techniques necessary for the qualified exercise of research, teaching and extension.

      With regard to the development of ethical competences, the PPGCL promotes activities to reflect on the influence of teaching, research and extension in Linguistics and Literature in society, in social groups and in the individuals directly involved.

    • Master's Degree Course

      To obtain the title of “Master of Language Sciences,” the student must complete 40 credits in curriculum units and write a master’s thesis (600 hours) within a maximum of 2 years.

    • Doctoral Degree Course

      To obtain the title of “Doctor of Language Sciences,” the student must complete 58 credits in curriculum units and write a dissertation (870 hours) within a maximum of 4 years.

  • PPGCL en Español

    • Historia del Programa de Posgrado en Ciencias del Lenguaje

      La formación superior de profesores de Lengua Portuguesa y de Lengua Extranjera Moderna ha sido iniciada en Tubarão (SC) con la creación de la Facultad de Letras de la llamada Fundación Educativa del Sur de Santa Catarina (Fundação Educacional do Sul de Santa Catarina – FESSC) en 1971. Con la instalación de la Universidad del Sur de Santa Catarina (Universidade do Sul de Santa Catarina – UNISUL) en 1989, en mediados de los años 1990, la creación de un Programa stricto sensu en el área de lingüística y Literatura recibe contornos más explícitos, los que culminan con la formalización de un proyecto elaborado por la congregación del curso en 1998.

      El resultado de ese esfuerzo fue la aprobación del Curso de Maestría en Ciencias del Lenguaje (Curso de Mestrado em Ciências da Linguagem) en 2 de diciembre de 1998 por la Resolución 28/98 de la Cámara de Gestión de la Universidad. El Consejo Estadual de Educación de Santa Catarina (CEE-SC), que el posgrado de la Universidad se vinculaba legalmente en aquel período, homologó su funcionamiento en 13 de julio de 1999, a través de la Resolución 176/99.

      El 15 de julio de 1999 iniciaron las clases del primer grupo en el campus de Tubarão, ofreciendo dos áreas de concentración: Teoría y Análisis de Lenguajes (Teoria e Análise de Linguagens) y Lingüística Aplicada a la Enseñanza (Linguística Aplicada ao Ensino). En 2001, el Curso de Maestría en Ciencias del Lenguaje tuvo su expansión para el Campus Grande Florianópolis en Palhoça (SC), ofreciendo una tercera área de concentración direccionada para el campo de la Comunicación Social, llamada Lenguaje y tecnología de Información (Linguagem e Tecnologia da Informação) (Parecer CEDS n. 114, de 7 de noviembre de 2000).

      En 2002, el Curso de Maestría en Ciencias del Lenguaje (Mestrado em Ciências da Linguagem) fue evaluado por Comisión Verificadora del Consejo Estadual de Educación de Santa Catarina (CEE-SC), formada por los profesores Osmar de Souza (FURB/UNIVALI) y Loni Grimm-Cabral (UFSC). El Curso fue reconocido en sesión plenaria del dicho Consejo el día 9 de julio de 2002 (Decreto 5.458, de 29 de julio de 2002, publicado en el Diário Oficial do Estado de Santa Catarina el 30 de julio de 2002).

      En el mismo año, atendiendo decisión institucional, el Curso de Maestría en Ciencias del Lenguaje se alineó con el Sistema Nacional de Posgrado (SNPG/CAPES). Como resultado de ese proceso, pasó su organización para una sola área de concentración, Lenguaje, medias y procesos discursivos (Linguagem, Mídias e Processos Discursivos), y tres líneas de investigación, Análisis Discursivo de Procesos Semánticos (Análise Discursiva de Processos Semânticos), Textualidades y Prácticas Discursivas (Textualidades e Práticas Discursivas), y Lenguaje, Cultura y Media (Linguagem, Cultura e Mídia).

      El proyecto fue evaluado in loco por una Comisión Verificadora de la CAPES, formada por los profesores Sírio Possenti (UNICAMP) y Dermeval da Hora Oliveira (UFPB), en febrero de 2003. A continuación, fue aprobado por el Comité del Área de Letras/Lingüística en enero de 2004 por el Consejo Técnico Consultivo de la CAPES en 10 de febrero de 2004, y por la Cámara de Educación Superior del Consejo Nacional de Educación el 10 de noviembre de 2004 (Parecer n. 314/2004). El Curso de Maestría en Ciencias del Lenguaje fue reconocido por la resolución (Portaria) 4.310, de 21 de diciembre de 2004 (publicada en el Diário Oficial da União el 23 de diciembre de 2004, sección 1, p. 33). Durante el proceso, el Curso presentó edicto de selección para los primeros grupos del Currículo CAPES en marzo de 2004, empezando sus clases el 5 de julio del mismo año.

      Em 2007, el colegiado elaboró proyecto de Curso de Doctorado en Ciencias del Lenguaje. En el proyecto, el área de concentración empezó a ser llamada Procesos Textuales, Discursivos y Culturales (Processos Textuais, Discursivos e Culturais), con tres líneas de investigación: Textualidad y Prácticas Discursivas (Textualidade e Práticas Discursivas), Análisis Discursivo de Procesos Semánticos (Análise Discursiva de Processos Semânticos), y Lenguajes y Procesos Culturales (Linguagem e Processos Culturais) (readecuadas en 2010 para dos líneas de investigación: Texto y Discurso [Texto e Discurso] y Lenguaje y Cultura [Linguagem e Cultura]). El proyecto fue sometido a CAPES en marzo de 2008, y la aprobación del Programa de Posgrado en Ciencias del Lenguaje – PPGCL (Maestría y Doctorado) fue homologada en reunión de la Cámara de Gestión de la UNISUL el día 9 de abril de 2008.

      El 2 de diciembre de 2008, el Programa fue evaluado in loco por una Comisión Verificadora de la CAPES, formada por las profesoras Diana Luz Pessoa de Barros (UPM) y Célia Marques Telles (UFBA). PPGCL fue aprobado en la 106ª Reunión del Consejo Técnico Consultivo de la CAPES el 10 de diciembre de 2008. La Cámara de Educación Superior del Consejo Nacional de Educación homologó la aprobación (Parecer n. 122/2009), y el Curso de Doctorado en Ciencias del Lenguaje fue reconocido por la resolución (Portaria) n. 589 de 18 de junio de 2009. En el primer semestre de 2009, fue procedido el primer proceso selectivo, y las clases iniciaron el día 6 de julio en Palhoça (SC), y 16 de julio en Tubarão (SC).

      En mayo de 2008, PPGCL también fue evaluado por una Comisión de Verificación del Consejo Estadual de Educación de Santa Catarina, formada por las profesoras Rosângela Hammes Rodrigues (UFSC) y Ana Cláudia de Souza (UFSC). Basado en el reporte y resolución (Parecer) 265 del Consejo Estadual de Educación, de 26 de agosto de 2008, el reconocimiento del curso de Maestría fue renovado por cinco años en la esfera estadual (Decreto n. 1.729, de 7 de octubre de 2008). Desde 2013, el Consejo Estadual ha pasado a validar las evaluaciones de la CAPES.

      PPGCL presenta relevancia singular entre cursos stricto sensu de la mesorregión sur de Santa Catarina y de la mesorregión metropolitana de Florianópolis. Su Curso de Maestría fue el primer stricto sensu de la Universidad del Sur de Santa Catarina (UNISUL) que se alineó con el Sistema Nacional de Posgrado (SNPG) en 2003; su Curso de Doctorado fue el primer de la institución aprobado por la CAPES en 2008; y en 2017, el primer Programa de la Universidad evaluado con rango “5”.

      Por su pionerismo, PPGCL viene ejerciendo fuerte impacto en la cualificación de los cuadros de posgrado de instituciones de enseñanza superior y tecnológica, especialmente de su entorno. El 31 de diciembre de 2020, PPGCL ya tenía concedido título para 378 maestros y 89 doctores (entre los cuales 51 maestros y 42 doctores en el cuadrienio 2017-2020) y certificado 8 pasantías posdoctorales (entre los cuales 5 en el cuadrienio 2017-2020).

      Además, el Programa constituye fuerte referencia en estudios textuales, discursivos y culturales, con reconocido liderazgo nacional en promover eventos en el área de lingüística y literatura, entre los cuales se despegan el Seminário em Discurso, Cultura e Mídia (SEDISC), fruto de asociaciones interinstitucionales con el PPGL de la UFRGS y el IEL de la Unicamp; cualificado portfolio de publicaciones científicas, incluyendo las Revistas Científicas Lenguaje en (dis)curso (Linguagem em (Dis)curso) (A1), Crítica Cultural (A4) y Memorare (A4); allá más de sólido comprometimiento con la vocación comunitaria de la Universidad del Sur de Santa Catarina (UNISUL).

    • Misión

      Formación de posgrado cualificada de profesionales de Letras, Cinema y Audiovisual, Periodismo, Publicidad y Propaganda, y áreas correspondientes para docencia de enseñanza superior y para investigación y producción del conocimiento en lenguaje en su dimensión textual, discursiva y cultural.

    • Objetivos

      Para cumplir su misión, PPGCL busca alcanzar los objetivos de: (a) promover investigaciones sobre lenguaje en su dimensión textual, discursiva y cultural; y (b) cualificar profesionales de Letras, Cinema y Audiovisual, Periodismo, Publicidad y Propaganda, y áreas correspondientes para investigación y producción de conocimiento en lenguaje, además de la docencia en la enseñanza superior.

    • Área de Concentración

      El área de concentración del PPGCL se llama PROCESOS TEXTUALES, DISCURSIVOS Y CULTURALES (PROCESSOS TEXTUAIS, DISCURSIVOS E CULTURAIS), de manera que sus cursos de maestría y de doctorado están organizados desde estudios de lenguaje que enfocan prácticas sociales de interacción lingüística, procesos discursivos de producción de sentido y manifestaciones estético-culturales.

      En síntesis, el área de concentración consiste en estudios de posgrado: (a) interacciones orales y escritas como componentes de prácticas discursivas socialmente situadas; (b) procesos de producción de sentido, desde su dimensión subjetiva hacia su dimensión social, histórica e ideológica; y (c) en la modernidad y contemporaneidad, lenguajes verbales y no verbales y sus correlaciones, además de manifestaciones culturales y estéticas, con énfasis en la producción simbólica y sus diversos soportes.

    • Líneas de Investigación

      Para los trabajos del área de concentración, el PPGCL promueve dos líneas de investigación.

      La línea de investigación LENGUAJE Y CULTURA (LINGUAGEM E CULTURA) tiene el objetivo de estudiar, en la modernidad y contemporaneidad, lenguajes verbales y no verbales y sus correlaciones, además de las manifestaciones culturales y estéticas, con énfasis en la producción simbólica y sus diversos soportes. Los proyectos de investigación relacionados con esa línea de investigación actúan en una intersección entre los campos de la literatura, artes (visuales, escénicas, musicales), fotografía, cinema, moda, antropología y comunicación.

      La línea de investigación TEXTO Y DISCURSO (TEXTO E DISCURSO) busca estudiar los procesos de producción de sentido en su dimensión subjetiva, social, histórica e ideológica. Los proyectos de investigación relacionados con esa línea de investigación conciben que procesos de significación siempre ocurren en eventos sociales específicos y únicos, accionando, allá además de la lengua, determinaciones materiales.

    • Perfil de Estudiantes y Egresos

      PPGCL recibe principalmente egresos de facultades de Letras, de Cinema y Audiovisual, de Periodismo y de Publicidad y Propaganda. Asimismo, considerando la dimensión multidisciplinar de su área de concentración, el Programa acoge estudiantes de las más diversas licenciaturas y bachilleratos que se interesan por objetos textuales, discursivos y culturales.

      Basado en ese contexto, el perfil del egresado del PPGCL está centrado en competencias teóricas, prácticas y éticas propias del área de lingüística y Literatura.

      En lo que respeta el desarrollo de competencias teóricas, el PPGCL promueve actividades que habilitan el estudiante a proceder análisis y síntesis propias de la reflexión teórica; observar el lenguaje de manera crítica, como fenómeno multifacético y con posibilidad de múltiples abordajes (cognitivas, sociales, internacionales, históricas, culturales, políticas e ideológicas); problematizar perspectivas teóricas aplicadas a investigaciones en lenguajes; y hacer avanzar el contexto conceptual de área, produciendo y socializando conocimiento.

      En lo que respeta el desarrollo de competencias prácticas, el PPGCL promueve actividades que habilitan el estudiante para el dominio de las teorías, de métodos y técnicas necesarias para el ejercicio cualificado de la investigación, de la docencia y de la extensión.

      En lo que respeta el desarrollo de competencias éticas, el PPGCL promueve actividades de reflexionar sobre la influencia de la docencia, de la investigación y de la extensión en lingüística y Literatura en la sociedad, grupos sociales e individuos directamente envueltos.

    • Curso de Maestría

      Para obtener el título de “Máster en Ciencias del Lenguaje”, el estudiante debe completar en un máximo de 2 años 40 créditos en unidades curriculares y redactar una disertación (600 horas).

    • Curso de Doctorado

      Para obtener el título de “Doctor en Ciencias del Lenguaje”, el estudiante debe completar en un máximo de 4 años 58 créditos en unidades curriculares y redactar una tesis (870 horas).

  • PPGCL en Français

    • Histoire du Programme d'Études Supérieures en Sciences du Langage

      La formation supérieure des enseignants de langue portugaise et de langue étrangère moderne commence à Tubarão (SC) avec la création du cours de langue de la Fundação Educacional do Sul de Santa Catarina (FESSC) en 1971. Avec l’installation de l’Université du Sud de Santa Catarina (UNISUL) en 1989, c’est au milieu des années 1990 que la création d’un cours stricto sensu dans le domaine de la linguistique et de la littérature reçoit des contours plus explicites qui ont abouti à la formalisation d’un projet préparé par la congrégation du cours en 1998.

      Le résultat de cet effort a été l’approbation du “Master en Sciences du Langage”, le 2 décembre 1998 par la Résolution 28/98 de la Chambre de Gestion de l’Université. Le Conseil de l’éducation de l’État de Santa Catarina (CEE-SC), auquel les études supérieures de l’université étaient légalement liées à l’époque, a approuvé son fonctionnement le 13 juillet 1999 par la résolution 176/99.

      Le 15 juillet 1999 les cours ont eu lieu pour le premier groupe sur le campus de Tubarão avec l´offre de deux domaines de concentration: “Théorie et analyse de la langue” et “Linguistique appliquée à l’enseignement”. En 2001, le Master en Sciences du Langage s’est étendu au Campus du Grand Florianópolis à Palhoça (SC), offrant un troisième domaine de concentration axé sur le domaine de la communication sociale appelé “Langue et technologie de l’information” (Avis CEDS n. 114, du 7 novembre 2000).

      En 2002, le master en sciences du langage a été évalué par une commission de vérification du Conseil de l’éducation de l’État de Santa Catarina (CEE-SC), formée par les professeurs Osmar de Souza (FURB/UNIVALI) et Loni Grimm-Cabral (UFSC). Le cours a été reconnu lors d´une séance plénière du Conseil national de l’éducation le 9 juillet 2002 (décret 5.458 du 29 juillet 2002, publié au Journal officiel de l´État de Santa Catarina le 30 juillet 2002).

      La même année, conformément à la décision institutionnelle, le Master en sciences du langage s`aligne sur le système national des études supérieures (SNPG/CAPES). À la suite de ce processus, il s´est organisé en un seul axe de concentration, “Langue, médias et processus discursifs”, et trois lignes de recherche, “Analyse discursive des processus sémantiques”, “Textualités et pratiques discursives” et “Langue, culture et médias”.

      Le projet a été évalué in loco par une commission de vérification de la CAPES formée par les professeurs Sírio Possenti (UNICAMP) et Dermeval da Hora Oliveira (UFPB) en février 2003. Il a ensuite été approuvé par le Comité de Lettres/Linguistique en janvier 2004, par le Conseil consultatif technique de la CAPES le 10 février 2004 et par la Chambre de l’enseignement supérieur du Conseil national de l’éducation le 10 novembre 2004 (avis n° 314/2004). Le master en sciences du langage a été reconnu par l’ordonnance 4.310, du 21 décembre 2004 (publiée au Journal officiel de l’Union le 23 décembre 2004, section 1, p. 33). Au cours de ce processus, le Cours a présenté un avis de sélection pour les premières classes du cursus de la CAPES en mars 2004 et a débuté les cours le 5 juillet de la même année.

      En 2007, la collègialle a élaboré un projet de cours de doctorat en sciences du langage. Dans ce projet, le domaine de concentration a été renommé “Processus textuels, discursifs et culturels”, avec trois lignes de recherche : “Textualité et pratiques discursives”, “Analyse discursive des processus sémantiques”, et “Langue et processus culturels” (modifié en 2010 en deux lignes de recherche : “Texte et discours” et “Langue et culture”). Le projet a été soumis à la CAPES en mars 2008, et l’approbation du Programme de troisième cycle en sciences du langage – PPGCL (Master et Doctorat) a été ratifiée lors d’une réunion du Conseil d’administration de l’UNISUL le 9 avril 2008.

      Le 2 décembre 2008, le Programme a été évalué in loco par une Commission de vérification de la CAPES formée par les professeurs Diana Luz Pessoa de Barros (UPM) et Célia Marques Telles (UFBA). Le PPGCL a été approuvé lors de la 106e. Réunion du Conseil Consultatif Technique de la CAPES le 10 décembre 2008. La Chambre de l’enseignement supérieur du Conseil national de l’éducation a ratifié l’approbation (avis n. 122/2009), et le programme de doctorat en sciences du langage a été reconnu par l’ordonnance nr 589 du 18 juin 2009. Au premier semestre 2009, le premier processus de sélection a été effectué et les cours commençant le 6 juillet à Palhoça (SC) et le 16 juillet à Tubarão (SC).

      En mai 2008, le PPGCL a également été évalué par une commission de vérification du Conseil d’État de l’éducation de Santa Catarina, formée par les professeurs Rosângela Hammes Rodrigues (UFSC) et Ana Cláudia de Souza (UFSC). Sur la base du rapport de visite et de l’avis 265 du Conseil d’État de l’Éducation, du 26 août 2008, la reconnaissance du Master au niveau de l´État a été renouvelée pour cinq ans (décret nr 1.729, du 7 octobre 2008). À partir de 2013, le Conseil d’État a commencé à valider les évaluations de la CAPES.

      Le PPGCL présente une pertinence unique parmi les cours stricto sensu de la région sud de Santa Catarina et de la région métropolitaine de Florianópolis. Son cours de master a été le premier stricto sensu de l’Université du Sud de Santa Catarina (UNISUL) à s’aligner sur le système national de post-graduation (SNPG) en 2003 ; son cours de doctorat a été le premier cours de l’institution à être approuvé par la CAPES en 2008 ; et, en 2017, le premier programme universitaire évalué obtenant la note “5”.

      Compte tenu de son esprit pionnier, le PPGCL a eu un fort impact sur la qualification des diplômés de l’enseignement supérieur et des institutions technologiques, notamment dans ses environs. Au 31 décembre 2020, le PPGCL avait diplômé 378 maîtres et 89 docteurs (dont 51 maîtres et 42 docteurs dans le quadriennal 2017-2020) et certifié 8 stages post-doctoraux (dont 5 dans le quadriennal 2017-2020).

      En outre, le Programme constitue une référence solide en matière d’études textuelles, discursives et culturelles, avec reconnaissance nationale quan il s´agit de la promotion d’événements dans le domaine de la linguistique et de la littérature, parmi lesquels nous mentionnons le Séminaire sur le Discours, la Culture et les Médias (SEDISC), fruit de partenariats interinstitutionnels avec le PPGL de l’UFRGS et l’IEL de l’Unicamp ; dossier qualifié de publications scientifiques, dont les périodiques “Linguagem em (Dis)curso” (A1), “Crítica Cultural” (A4) et “Memorare” (A4) ; et engagement solide envers la vocation communautaire de l’Université du Sud de Santa Catarina.

    • Mission

      Formation post-universitaire qualifiée de professionnels de la littérature, du cinéma et de l’audiovisuel, du journalisme, de la publicité et des domaines connexes pour l’enseignement dans l’enseignement supérieur et pour la recherche et la production de connaissances sur le langage dans ses dimensions textuelles, discursives et culturelles.

    • Objectifs

      Pour remplir sa mission, le PPGCL vise à atteindre les objectifs suivants : (a) promouvoir la recherche sur la langue dans ses dimensions textuelles, discursives et culturelles ; et (b) qualifier les professionnels des lettres, du cinéma et de l’audiovisuel, du journalisme, de la publicité et des domaines connexes pour rechercher et produire des connaissances sur la langue et pour enseigner dans l’enseignement supérieur.

    • Domaine de Concentration

      Le domaine de concentration du PPGCL est appelé “PROCESSUS TEXTUELS, DISCURSIFS ET CULTURELS”, de sorte que ses cours de master et de doctorat sont organisés à partir d’études linguistiques axées sur les pratiques sociales d’interaction linguistique, les processus discursifs de production de sens et les manifestations esthético-culturelles.

      En résumé, le domaine de concentration consiste en des études de troisième cycle sur : (a) les interactions orales et écrites en tant que composantes de pratiques discursives socialement situées ; (b) les processus de production de sens, de sa dimension subjective à sa dimension sociale, historique et idéologique ; et (c) dans la modernité et la contemporanéité, les langages verbaux et non verbaux et leurs corrélations, ainsi que les manifestations culturelles et esthétiques, en mettant l’accent sur la production symbolique et ses différents supports.

    • Lignes de Recherche

      Afin de bien gérer le domaine de concentration, le PPGCL promeut deux lignes de recherches.

      L’axe de recherche “LANGUE ET CULTURE” vise à étudier, dans la modernité et la contemporanéité, les langages verbaux et non verbaux et leurs corrélations, ainsi que les manifestations culturelles et esthétiques, en mettant l’accent sur la production symbolique et ses différents supports. Les projets liés à cet axe de recherche agissent à l’intersection des domaines de la littérature, des arts (visuels, du spectacle, musicaux), de la photographie, du cinéma, de la mode, de l’anthropologie et de la communication.

      L’axe de recherche “TEXTE ET DISCOURS” vise à étudier les processus de production du sens dans sa dimension subjective, sociale, historique et idéologique. Dans les projets de recherche liés à cet axe, on conçoit que les processus de signification ont toujours lieu dans des événements sociaux spécifiques et uniques, déclenchant, outre le langage, des déterminations matérielles.

    • Profil des étudiants et des diplômés

      Le PPGCL s’adresse principalement aux diplômés issus des cours du premier cycle de Lettres, Cinéma et Audiovisuel, Journalisme et Publicité. En outre, compte tenu de la dimension pluridisciplinaire de son domaine de concentration, le programme accueille des étudiants venant des cours du premier et du deuxième cycles les plus divers qui s’intéressent aux objets textuels, discursifs et culturels.

      Dans ce contexte, le profil des diplômés du PPGCL est centré sur les compétences théoriques, pratiques et éthiques propres au domaine de la linguistique et de la littérature.

      En ce qui concerne le développement des compétences théoriques, le PPGCL promeut des activités permettant aux étudiants d’effectuer l’analyse et la synthèse propres à la réflexion théorique ; d’observer la langue de manière critique, en tant que phénomène multiforme et susceptible d’approches multiples (cognitives, sociales, interactionnelles, historiques, culturelles, politiques et idéologiques) ; de problématiser les perspectives théoriques appliquées à la recherche en langues ; de faire progresser le contexte conceptuel du domaine, en produisant et en socialisant des connaissances.

      En ce qui concerne le développement des compétences pratiques, le PPGCL favorise les activités qui permettent à l’étudiant de maîtriser les théories, les méthodes et les techniques nécessaires à l’exercice qualifié de la recherche, de l’enseignement et de la vulgarisation.

      En ce qui concerne le développement des compétences éthiques, le PPGCL encourage les activités de réflexion sur l’influence de l’enseignement, de la recherche et de la vulgarisation en linguistique et en littérature sur la société, sur les groupes sociaux et sur les individus directement concernés.

    • Master

      Pour obtenir le titre de “Maître en Sciences du Langage”, l’étudiant doit compléter en un maximum de 2 ans 40 crédits en unités de cours et rédiger une dissertation (600 heures).

    • Doctorat

      Pour obtenir le titre de “Docteur en Sciences du Langage”, l’étudiant doit compléter en un maximum de 4 ans 58 crédits en unités de cours et rédiger une thèse (870 heures).

  • Contato