Lugar e Afetividade de Escritoras e Jornalistas em Pauta - Unisul

Notícias do Programa

Saiba tudo o que acontece no PPGCL

Lugar e Afetividade de Escritoras e Jornalistas em Pauta

A estudante Renata Marques de Avellar Dal-Bó defendeu na tarde desta quinta (15) o projeto de tese “Lugar e Afetividade das Escritoras e Jornalistas da AJEB”. Orientado pelo professor Mario Abel Bressan Júnior, o trabalho foi avaliado por banca formada pelas professoras Chirley Domingues (Unisul) e Christina Ferraz Musse (UFJF).

Conforme seu projeto, Renata pretende investigar nas memórias individuais e coletivas das escritoras e jornalistas da Associação de Jornalistas e Escritoras do Brasil (AJEB), fragmentos que identifiquem qual é o lugar destas mulheres na história do jornalismo e literatura feminina no Brasil entre 1970 e 2020.

“Mais especificamente, quero verificar de que maneira a Associação de Jornalistas e Escritoras do Brasil ajudou essas mulheres a conquistarem seu espaço e, aproveitando esse esforço, averiguar suas memórias afetivas em relação à associação e às associadas”, esclarece.

Para dar conta dos objetivos da pesquisa, Renata se valerá de pesquisa bibliográfica, da análise de documentos e, principalmente, da história oral das escritoras, porque, segundo ela, ao analisar o estado da arte, há uma carência de estudos relacionados à memória, jornalismo e literatura feminina no período pesquisado.

Para fundamentar a análise dessas questões, a estudante se valerá de estudos sobre memória, tais como os de Maurice Halbwachs (1990), Michael Pollak (1989), João Carlos Tedesco (2014) e Pierre Nora (1993), dos estudos sobre emoções e afetos de Le Breton (2009), e daqueles relacionados à mulher e à literatura, como os de Zahidé Lupinacci Muzart (2004), Constância Lima Duarte (2018) e Nelly Novaes Coellho (2002).

“Meu estudo é relevante na medida em que as memórias destas mulheres são importantes para a construção da história da escrita feminina brasileira”, justifica. “Quero estabelecer uma tradição literária feminina e quebrar o ciclo de invisibilidade, no qual muitas dessas delas estão inseridas”, explica a autora.

A jornada prossegue amanhã (16) às 11h, quando o estudante Rodrigo Sousa Fialho, orientado pela professora Andreia da Silva Daltoé, apresenta a pesquisa “Civilizado e Terrorista no Discurso de George W. Bush pós 11 de setembro” no link: https://animaeducacao.zoom.us/j/85204743812.

PPGCL

Loading...